Segunda, 27 de Junho de 2022 05:58
71 9 9141-4073
Dólar comercial R$ 5,24 0%
Euro R$ 5,53 0%
Peso Argentino R$ 0,04 -0.009%
Bitcoin R$ 118.933,76 +0.435%
Bovespa 98.672,26 pontos +0.6%
BRASIL NATUREZA

Ciclone ou tempestade? O que é o Yakecan que atinge o sul do Brasil?

Marinha reclassificou o sistema de baixa pressão que atinge o litoral gaúcho. Nesta terça (17), cidades marcaram temperaturas próximas a 0ºC, com sensação térmica negativa.

17/05/2022 20h06
Por: REDAÇÃO Fonte: g1
Divulgação
Divulgação

Um fenômeno que chega ao Rio Grande do Sul nesta terça-feira (17) pode causar tanto neve, na Serra, como carregar ventos de 110 km/h no litoral Norte e Sul do estado. O Yakecan foi reclassificado de ciclone para tempestade, ou seja, subiu de categoria.

Ele começa a atingir o estado pelo Sul, especialmente em Rio Grande, e sobe pelo litoral até o sul de Santa Catarina.

Marinha, Defesa Civil estadual, universidades e prefeituras realizam ações para se prevenirem dos possíveis estragos causados pelo sistema

Veja abaixo o que é o fenômeno Yakecan

O que significa Yakecan?

A expressão Yakecan significa "o som do céu" em tupi-guarani. A nomenclatura foi oficialmente estabelecida por meio do aviso especial nº 356, publicado no site do Centro de Hidrografia da Marinha.

Ciclone ou tempestade?

Em formação ao longo do dia, o ciclone subtropical já foi reclassificado como tempestade subtropical.

Segundo a meteorologista Carine Gama, do Climatempo, ciclone é o nome que se dá aos sistemas de baixa pressão atmosférica onde o ar se movimenta no sentido horário, no hemisfério Sul, e no sentido anti-horário no hemisfério Norte.

Eles são associados com grandes áreas de nuvens carregadas que provocam chuva intensa. A diferença de pressão atmosférica entre o centro do sistema e a porção mais externa aumenta a velocidade do vento.

 

Já a tempestade, embora seja uma formação semelhante, tem magnitude maior. Quando assume ventos de velocidade entre 89km/h a 117km/h, pode ser reclassificada quando se aproxima da costa.

Em ambos os casos, porém, o Yakecan é considerado um sistema subtropical. A principal diferença entre as classificações tropical, subtropical e extratropical se dá porque, próximo da superfície, o centro dos ciclones extratropicais é mais frio do que a atmosfera ao redor.

Por outro lado, o centro dos ciclones subtropicais é mais quente do que a atmosfera ao redor. Isso deixa a atmosfera mais instável e aumenta as condições para ocorrência de tempestades severas.

 

 

De acordo com a Marinha, devem ocorrer ventos estimados de 48 nós (88 km/h) nos setores sul e sudoeste e de 40 nós (75 km/h) nos setores noroeste e norte do sistema. O deslocamento previsto para o sistema é para oeste a noroeste, em direção à costa, quando poderá ser classificado como tempestade tropical, a partir da noite desta terça (17) até a noite de quarta (18).

leia mais...https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2022/05/17/ciclone-ou-tempestade-o-que-e-o-yakecan-fenomeno-que-pode-levar-neve-e-ventos-de-110kmh-ao-rs.ghtml

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Feira de Santana - BA
Atualizado às 05h57 - Fonte: Climatempo
17°
Pancada de chuva

Mín. 17° Máx. 27°

17° Sensação
10.3 km/h Vento
88.7% Umidade do ar
60% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (28/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 27°

Sol e Chuva
Quarta (29/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 28°

Sol e Chuva
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias